noticia
24/08/2017 - 07:44
Tamanho da Fonte
 
 
Noiva de vereador tem guarda da filha suspensa após suposto abuso em MT Chico 2000 é suspeito de ter abusado sexualmente de menina de 11 anos. Criança
O vereador Chico 2000 (PR), primeiro secretário da Câmara de Cuiabá. (Foto: Luiz Alves/Câmara de Cuiabá) O vereador Chico 2000 (PR), suspeito de estupro de vulnerável (Foto: Luiz Alves/Câmara de Cuiabá) A noiva do vereador por Cuiabá Francisco Carlos Amorim Silveira, o Chico 2000 (PR), teve a guarda da filha de 11 anos suspensa pela Justiça de Mato Grosso após a criança ter sido supostamente abusada pelo parlamentar, em outubro deste ano. A informação foi confirmada pelo advogado do vereador, Hélio Passadore.

Chico 2000 teve o mandado de prisão temporária decretado no último domingo (4) e se entregou à Polícia Civil na tarde de terça-feira (6). O vereador se encontra detido no Centro de Custódia de Cuiabá. De acordo com a defesa do parlamentar, Chico 2000 está tranquilo e disse que irá provar a sua inocência no processo. A defesa informou, ainda, que já entrou com pedido de revogação da prisão do vereador.

Conforme o advogado, a noiva do parlamentar perdeu provisoriamente a guarda da filha diante da denúncia de abuso feita pelo pai da criança na Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) e a menina já está morando com o pai, em Canarana, a 838 km da capital. A mulher havia conseguido a guarda da filha há dois anos, na Justiça.

Suposto abuso
De acordo com o delegado que investiga o caso, Eduardo Botelho, a menina confirmou o crime durante depoimento à equipe multidisciplinar da Deddica. Ainda segundo a polícia, o vereador teria cometido o crime em outubro deste ano, durante uma festa na casa em que a menina morava com a família, em Cuiabá. A investigação corre sob sigilo.

A defesa do parlamentar, porém, alega que Chico 2000 e a noiva moram em casas separadas na capital. De acordo com o advogado, a mãe da criança também disse desconhecer qualquer situação de abuso da filha por parte do noivo.

A Polícia Civil investiga, ainda, uma denúncia anônima de que o vereador teria cometido o mesmo crime contra outras meninas, segundo Botelho. Cinco pessoas já foram ouvidas e outras ainda deverão ser chamadas para depor, informou o delegado. Chico 2000 ainda não foi ouvido formalmente pela polícia e não há data prevista, ainda, para que isso aconteça.

Reeleito neste ano, o vereador está em seu segundo mandato e foi suplente no legislativo municipal por duas vezes. Chico 2000 ocupa, atualmente, o cargo de 1º secretário da Câmara Municipal de Cuiabá. Na semana que vem, a Comissão de Ética deve se reunir para decidir se vai tomar providências sobre o caso.




     

 
» Últimas Notícias
10/08/2017 - 45ª Exposul registra o maior público dos últimos anos, “Já fazia muito tempo que a gente não via a Exposul tão cheia assim”. - Esta frase fez coro nas vozes de muitas pessoas que visitaram o Parque de Exposições Wilmar Peres de Farias, em Rondonópolis nesta terça-feira (08), e que, ficaram maravilhados com o resultado do projeto social desenvolvido na parceria 45ª Exposul e Ministério O Pescador Sal da Terra.
08/08/2017 - Sindicato Rural e Diocese distribuem alimentos a entidades beneficentes Milhares de pessoas prestigiaram a primeira noite da 45ª Exposul, que teve s - Com a entrada vinculada a doação de 01 kg de alimento não perecível, os visitantes tiveram a oportunidade, além de assistir à um grande show com o cantor Tony Allysson, como ajudar entidades filantrópicas e famílias carentes da cidade.
03/08/2017 - 45ª Exposul entra nos preparativos finais,A 45ª edição da Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial do Sul de Mato Grosso (Exposul) começa na pró - A montagem de estandes e de estruturas, bem como execução de serviços de melhorias, está em pleno andamento no parque de exposições da cidade. Toda a programação está definida, havendo várias novidades.
03/08/2017 - TRF atende defesa de ex-bicheiro Arcanjo e libera patrimônio de R$ 900 milhões, Com o deferimento do mandado de segurança impetrado pelo advogado Zaid - A Segunda Seção do Tribunal Regional Federal (TRF) - 1ª Região, à unanimidade concedeu mandado de segurança que devolve ao ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro a posse de todo seu patrimônio, avaliado em pouco menos de R$ 1 bilhão.
03/08/2017 - Bezerra teria recebido doação da JBS para votar em Eduardo Cunha para presidente da Câmara, Entre os citados está o deputado federal por Mato Grosso, - A revista Época publicou uma reportagem especial onde revela o conteúdo de documentos entregues pelos delatores da JBS/Friboi, que apontam que o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) comprou sua vitória na campanha para a presidência da Câmara Federal, em 2015.