noticia
20/01/2018 - 05:23
Tamanho da Fonte
 
 
Funcionário da Energisa é assassinado ao religar energia de acusado

Foto: Reprodução

Funcionário da Energisa é assassinado ao religar energia de acusado
Gilmar Francisco de Oliveira, funcionário da Energisa  na cidade de Paranaíta (825 km de Cuiabá), foi assassinado a tiros na tarde da última segunda-feira (24), no município, quando fazia a religação de uma unidade consumidora em uma chácara no entorno da cidade. Tudo teria acontecido porque a empresa havia cortado a energia do acusado. A vítima estava reativando o serviço.

Leia mais:
Funcionário da Energisa é assassinado após reagir a roubo e lutar contra assaltante
 
Segundo as informações, o corte na chácara teria acontecido durante a manhã. Porém, o proprietário teria efetuado o pagamento e solicitado a religação. Testemunhas apontaram que ele estava muito agressivo quando foi solicitar o serviço. Gilmar então foi mandado até a propriedade rural, por volta das 16h45.
 
Quando chegou ao local, Gilmar foi atingido por um disparo de arma de fogo. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O caso chocou a cidade de Paranaíta. A Polícia Militar foi acionada e fez rondas pela região na tentativa de encontrar o suspeito, mas sem êxito.
 
Uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve no local realizando os trabalhos. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia. Gilmar era casado e deixa um filho de seis anos. O caso é investigado pela Polícia Judiciária Civil (PJC). (Com informações do Mutum Notícias)
Fonte: http://www.olhardireto.com.br/noticias/exibir.asp?id=436573¬icia=funcionario-da-energisa

     

 
» Últimas Notícias
06/01/2018 - Funcionário da Energisa é vítima de cárcere privado ao entrar em residência para cortar energia - De acordo com informações do boletim de ocorrências, por volta das 16h45 desta quinta-feira, uma equipe da PM foi acionada para atender um caso de cárcere privado.
06/01/2018 - Bombeiros procuram por homem que se jogou no Rio Vermelho após colidir veículo - De acordo com o 3° Batalhão do Corpo de Bombeiros, por volta das 05h30 deste sábado o motorista de um Fiat Uno teria feito uma ultrapassagem na ponte sobre o Rio Vermelho
06/01/2018 - Acusado de mandar matar personal continua foragido e delegada pede prorrogação de inquérito - “Nós estamos pedindo a prorrogação do prazo ao Judiciário. Continuamos trabalhando e espero terminar logo este caso.
06/01/2018 - Associação dos defensores vai ao Supremo pedir que Taques pague duodécimo atrasado - Os recursos correspondem às dotações orçamentárias da Defensoria Pública de Mato Grosso. O procedimento no Supremo, distribuído à ministra Rosa Weber